sábado, 7 de junho de 2008

Pontos finais.

É, I'm here.
Daiê e Carol acabaram de sair daqui.. Sinto que Carol continua putíssima comigo.
Foram as duas lá ver o Bart jogar... Tou sem coragem nenhuma.
Tou aqui vagando pelo meu orkut recém criado, pensando em como pessoas são fúteis (e não pense que eu não estou me incluindo nisso).
Meu pai tá no quintal, às voltas com a churrasqueira dele... Acho que se alguém ousasse falar mal do revestimento e acabamento amador que ele investiu ali, levaria um soco. Tudo bem, eu viveria sem isso.
Minha mãe saiu com a Quel pra comprar cobertor na fábrica por um preço mais em conta. Júnior ainda não chegou do serviço... E eu, a mais vagal de todos, aqui, aqui... again and again and again and again...
Tenho mil coisas pra fazer hoje... MIL! Mas a autoconfiança de que posso dar cabo disso amanhã não me permite começar a fazer nada agora.
Tou de pen nova.. MP4, na verdade... Ganhei.. É, simplesmente.
Fiquei chocada e envergonhada, mãããs.. ¬¬
Tou aqui baxando umas músicas não-depressivas e vendo se a sorte muda.
Bom, com ELE tudo bem.. Estamos bem. Não estávamos, mas estamos. Faz tempo que eu não passo por aqui, aí eu esqueço de comentar. Ontem eu disse que estava perdida... e ele disse que acharia.
Frases que me derretem... parece até que ele sabe.
Acho que desses tempos pra cá estamos mais ligados, mais, mais.. sei lá. Pode ser só impressão.
Mas inevitavelmente estou me apoiando nisso... de um jeito que faria a Carol dizer "Cuidaaaaado..". Mas é de verdade inevitável. Pessoas não são perfeitas, mas deixar de confiar nelas por medo, continua não significando coisa alguma. Eu tou bem nesse sentido. Tou me sentindo definitivamente feliz. A partir do momento que estiver me fazendo mal, ou eu sentir que não está fazendo bem pra ele.. aí sim não terá mais sentido.
E eu tou SÓ com ele, por incrível que pareça. Espero que ele esteja só comigo também.. ¬¬
Mas não apostaria todas as minhas fichas nisso.
Acho que se fosse há 1 mês atrás tinha ficado com o Fael siim. Quinta, na festa, ele veio falar comigo, disse que tava afim e talz.. ¬¬ Mas ia ser horrível fazer isso.
Disse o não mais sofrido do mundo, mas ainda assim, me senti bem.
E depois de todos os "nãos" que eu venho dando no Stênio esses últimos 3 meses, ia ser uó ficar com o Rafael. Me poupe.
Tou indo comer, ver TV.. copiar matemática.
Esse tédio tá me matando.
Queria te contar a história do Marvin.. hauahuahauahua
Mas é obscena demais.

BjO.

Nenhum comentário: