terça-feira, 9 de dezembro de 2008

:D

Viciei nessa carinha feliz.
Tudo bem, dei pití ontem porque vi o meu pai de relance. E sei que ele me viu. Desandei a chorar, soluçar como uma louca. E realmente pareci. Eu não sei mais o que fazer. Eu devia estar frágil, doa a quem doer, depois... enfim.
Não é pra entender, droga, eu devo estar perdendo o juÍzo. Chorei, chorei sem me importar com nada. Uma pontinha de nojo de mim, aquele resto de excitação instantaneamente transformada em desespero, em desamparo. Eis o que não saiu da cabeça enquanto lá estava eu me desmanchando no ombro dele: "Não tem mais ninguém pra cuidar de mim."
E não tem mesmo. Tudo bem. Hoje tudo bem.
Pretendo ir na escola, pretendo comprar passe, enfim. Não tou pretendendo pensar hoje. Não mesmo.
Bom, por mais que eu relutasse, deu/deram 11 horas... Banho>rodoviária>PRF.

Nenhum comentário: