domingo, 16 de setembro de 2012

Desencantos



Se eu for falar pra vocês como eu me sinto hoje apenas sairiam palavras amargas mas vou tentar não levar muito para esse lado (isso não é uma promessa, apenas uma tentativa que eu temo ser frustrada). Termino de namoro é sempre muito sofrido e dessa vez não foi diferente. Falar que encontrou o amor da minha vida parece um exagero nesse momento. Bom acho que me iludi por algum tempo com isso, eu me sentia feliz, me sentia completa me sentia amada, e agora o que me resta é apenas a decepção.
Se uma pessoa diz amar a outra porque trair? Não digo traição apenas física, mas a intenção de fazê-lo e não ser feito por falta de oportunidade talvez.
Ainda estou tentando reorganizar as coisas na minha mente, entender tudo que está acontecendo. Não gostaria que as coisas fossem assim, queria apenas que as coisas ficassem bem e que podessemos nos entender. Fui conquistada por alguem que me surpreendia, que me dava carinho, que gostava das coisas que eu falava, das minhas maluquices, e até apreciava os meus defeitos. Será que tinha realmente que acabar assim?

Um comentário:

Cá disse...

Intenção de fazê-lo.
É algo que poucos entendem o poder que tem.

... espero que fique tudo bem