terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Sindrome.

Angustia, panico, desespero. Acorda, o celular tocou! Mais angustia, não quero fazer, volta a dormir. Acorda, ja ta mais que na hora! Coração é o que? Ta doendo essa joça. Não olha pra mim, não fala comigo, não quero falar com ninguem. Ainda não acordei. Por que não tem ninguem? Cheiro de passado, cheiro de fracasso, cheiro que aparece e some. Chora um pouco... não sai lágrima, mas a dor ainda existe. Sindrome do panico, da frescura, da fraqueza, da idiotice, sindrome do que mesmo? Isso nem existe! Toma vergonha na cara, e vai fazer alguma coisa da vida, garotinha ridicula.

Nenhum comentário: